Five benefits of gamification in education

Pasi Loman
Pasi Loman
Commercial Director - Seppo Brazil
31.1.2020
Five benefits of gamification in education

Com tantos fatores positivos, games podem ser ferramentas de apoio em sala de aula, auxiliando alunos de diversas idades a compreender conteúdos de forma simples e intuitiva. A gamificação apresenta resultados comprovados na melhora do aprendizado.


Eletrônicos ou de tabuleiro, jogos marcam a infância da maioria das pessoas e, assim como a arte, são instrumentos que simbolizam a cultura e o visual de determinadas épocas. Mesmo com um papel recreativo e lúdico, jogos desenvolvem habilidades práticas, como imaginação, raciocínio lógico, relacionamento interpessoal e conquista de metas. 

Com tantos fatores positivos, games podem ser ferramentas de apoio em sala de aula, auxiliando alunos de diversas idades a compreender conteúdos de forma simples e intuitiva. A gamificação – metodologia que aplica práticas de jogos interativos para incentivar o conhecimento – apresenta resultados comprovados na melhora do aprendizado. 

  1. Concentração

Por natureza, jogos tendem a estimular o foco e a concentração, já que é necessário encarar um objetivo para vencer. Ao ser aplicada com uma estratégia, a gamificação oferece uma competição saudável, conquistando a atenção dos alunos e, por consequência, auxiliando o aprendizado proposto. 

  1. Engajamento e interatividade

A competição saudável e a capacidade de interagir são importantes competências socioemocionais que podem ser estimuladas por meio de jogos. A gamificação estabelece missões, desafios e pontuações a cada etapa percorrida, incentivando o participante a progredir ou concluir as tarefas de forma intuitiva e espontânea. Um exemplo para fixação do conteúdo são jogos de perguntas e respostas, como quizzes ou de solução de problemas, especialmente eficazes para uma compreensão mais proveitosa.  

  1. Inclusão 

Estudos comprovam que recursos inovadores no campo pedagógico – como a gamificação – podem ser adotados para estudantes com necessidades especiais na área da aprendizagem, como deficiência física, sensorial, mental ou múltipla. O uso da gamificação promove a inclusão em sala de aula, pois visa incentivar a participação de alunos com deficiência, desenvolvendo capacidade cognitiva e competências de relacionamento interpessoal. 

  1. Desenvolvimento cerebral

A gamificação pode estimular as atividades de áreas do cérebro, córtex pré-frontal, responsável por funções executivas, como tomada de decisão, atenção e memória. Segundo pesquisa desenvolvida pela Universidade York, no Canadá, e publicada na revista científica Cortex, games desenvolvem a habilidade motora e cognitiva para a conclusão de atividades complexas. 

  1. Dinamismo e inovação

Muitas vezes, o sistema de aprendizado em sala de aula é considerado maçante e cansativo, por isso, ferramentas de gamificação transformam as aulas mais desafiadoras e estimulantes. O aluno se sentirá motivado a atingir um objetivo determinado, seja por maior pontuação, seja por superação de fases, aprimorando sua capacidade criativa de solucionar problemas e buscar conhecimento. 

Quer saber mais sobre como a gamificação pode auxiliar no processo de aprendizado? Acesse o blog da Seppo e fique por dentro.